PM flagra organização criminosa envolvido com tráfico de drogas em Canoinhas

Canoinhas
30 de Outubro, 2018 1.821

Publicado em: 30/10/2018 às 10:26

Na segunda-feira, 29, por volta das 16h50, equipes da PM de Canoinhas realizavam ações de polícia ostensiva pelo bairro Campo da Água Verde, quando na Avenida Expedicionários se depararam com o veículo GM Celta em atitude suspeita.

Os policiais militares tentaram efetuar a abordagem, momento que foi arremessado pela janela alguns objetos brancos. Um policial militar parou e apanhou os objetos, enquanto os demais seguiram em acompanhamento, pois o condutor do veículo desobedeceu à ordem de parada e fugiu, não obtendo êxito, pois foram abordados em seguida. Os objetos arremessados foram identificados como sendo 7,2 gramas de cocaína. 

No veículo estavam três ocupantes sendo esses identificados, nada havendo contra, foi realizado averiguação nos celulares dos ocupantes dos veículos, onde foi verificado que os mesmos negociavam drogas com um masculino que mora no Campo da Água Verde e que essa droga era distribuída para revender. 

O condutor do veículo também sabia do tráfico, porém fez parte da organização criminosa como o transportador, recebendo por isso parcela de cocaína. Com a situação citada, a equipe PM solicitou apoio de viaturas da rádio patrulha, seção de investigação e CANIL, que juntos deslocaram até a casa do suspeito que repassava a substância entorpecente.

Na residência, os policiais militares se depararam com uma mulher que resistiu e desacatou um policial não permitindo entrar, assim como proferindo palavras de baixo calão. Na seqüência foi abordado o suspeito em frente à residência, onde ao verificar a presença dos policiais arremessou o celular ao chão, a fim de ocultar prova do comércio de drogas, quebrando-o.

 A guarnição do Canil do 3º BPM passou com o cão Roque na residência, sendo que este indicou um local e assim localizado debaixo do sofá quatro gramas de cocaína. Posteriormente os policiais adentraram e localizaram na residência R$ 1.954,00 reais em espécie em cédulas de 100, 50, 20 , 10 e 5 reais no interior de um vídeo game, provavelmente provenientes do tráfico de drogas. 

Contudo, devido às conversas localizadas no celular por meio do aplicativo Whatsapp foi verificado que todos os masculinos compõem uma organização criminosa e que realizam junto tráfico de drogas. Foi dado voz de prisão aos envolvidos e conduzidos à delegacia de Polícia Civil, a feminina também foi conduzida e na delegacia ouvida, compromissada e liberada. 


Envie suas fotos ou notícias para o Portal! (47) 99636-3646