Vereador denuncia que médico queria cobrar R$ 30 mil por cirurgia que poderia ser paga pelo SUS

Vereador Paulo Glinski (PSD) fez denúncia grave na Câmara de Vereadores de Canoinhas, envolvendo médico que atende no Hospital Santa Cruz

Canoinhas
06 de Novembro, 2018 22.587

Publicado em: 06/11/2018 às 19:38

Atualizado em: 06/11/2018 às 22:46

O vereador Paulo Glinski (PSD) fez uma denúncia gravíssima na sessão da Câmara de Vereadores na última segunda-feira (06). Ao comentar um pedido de verbas enviado pela direção do Hospital Santa Cruz à Câmara de Vereadores, Glisnki afirmou que um médico que atua no hospital teria tentado cobrar de um fumicultor a quantia de R$ 30 mil para realizar uma cirurgia que deveria ser custeada pelo Sistema Único de Saúde - SUS.

Ainda segundo o Glinski, o fumicultor não tinha condições de pagar a quantia exorbitante, e seus familiares se mobilizaram e conseguiram que o paciente fosse operado pelo SUS em outro hospital de outra cidade. Glisnki não quis citar o nome do paciente, pois disse que não tinha autorização para fazê-lo, e nem revelou o nome do médico citado. Visivelmente indignado com a situação, o vereador questionou: "aquilo lá é particular ou é público, o hospital Santa Cruz funciona como uma clínica particular para alguns médicos"? 

O vereador cobrou explicações da direção do hospital sobre como funciona os procedimentos em relação aos atendimentos particulares de médicos no Santa Cruz. "Destes R$ 30 mil que o médico queria cobrar do fumicultor, quanto ficaria no caixa do hospital, qual a parcela que o médico paga aos hospital"? questionou. 

O vereador disse que desde criança conhece a situação financeira precária do hospital Santa Cruz, e que toda a comunidade sempre ajuda de todas as formas a instituição, realizando campanhas beneficentes e doações ao hospital. Glisnki lembrou que o Executivo Municipal também destina mensalmente vultuosas quantias, porém sempre o hospital está precisando de recursos. 

Glinski disse que não é contra o hospital, mas que esta situação precisa ser esclarecida à população. "Temos excelentes profissionais na área médica em Canoinhas, mas tem alguns que ou você paga antes ou não atendem, aquilo lá é particular ou é público?" Finalizando sua explanação, Glinski disse que não acha justo este procedimento no hospital e anunciou que vai passar a combater veementemente este assunto.



Envie suas fotos ou notícias para o Portal! (47) 99636-3646