Governo do Paraná decide não prorrogar "quarentena restritiva" contra Covid-19

Sul do Paraná
15 de Julho, 2020 290

Publicado em: 15/07/2020 às 09:48

O governo do Estado não vai prorrogar o decreto de ''quarentena restritiva'' imposto a 14 dias a 134 municípios do Paraná para conter a pandemia do Covid-19, e depois estendido a mais sete municípios do Litoral. A decisão ocorre no dia em que o Estado bateu recorde de número de mortos pela doença, com 57 óbitos nas últimas 24 horas e 1.775 novos casos. O Paraná soma 44.870 casos e 1.129 mortos em decorrência da doença. Até então o dia com mais mortes confirmadas havia sido o dia 10 de julho, com 47 casos.

''O Governo do Estado informa que as medidas restritivas constantes do decreto 4942/20, válidas para as regionais de Saúde de Londrina, Cascavel, Cornélio Procópio, Toledo, Cianorte, Litoral e Região Metropolitana de Curitiba perdem efeito a partir desta terça-feira (14). A decisão foi tomada por orientação da vigilância epidemiológica. As restrições para a 1ª Regional de Saúde, do Litoral, serão mantidas até o dia 21 de julho'', informou o governo em nota divulgada no início da noite de hoje. 

O decreto começou a valer no dia 1º de julho e tinha validade de 14 dias. No final da semana passada o governo até esboçou que poderia definir a quarentena, mas preferiu deixar para hoje o anúncio do que deve ser feito, se a quarentena acaba ou se será prolongada.

Segundo o próprio governo, a situação seria definida pela área de saúde, e de como estaria a situação da pandemia passadas estas duas semanas. Empresários fazem pressão para que a quarentena não seja estendida por mais duas semanas.

887 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados hoje. 731 pacientes estão em leitos SUS (264 em UTI e 467 em leitos clínicos/enfermaria) e 156 em leitos da rede particular (57 em UTI e 99 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.057 pacientes internados, 529 em leitos UTI e 528 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

Restrições continuam a valer em Curitiba até novo decreto ser publicado

Com o fim das medidas da quarentena restritiva estabelecidas pelo governo estadual no Decreto 4942/2020, o regramento em vigor para o município de Curitiba é o estabelecido no Decreto Municipal 810/2020, ou seja comércio de rua fechado até pelo menos essa quarta (15).  Segundo nota enviada pela assessoria da Prefeitura de Curitiba, essas medidas valem até a publicação de um novo decreto, o que deve acontecer ainda esta semana com o objetivo de atualizar o conteúdo legal frente ao cenário da pandemia de covid-19 na cidade.

Fonte: Bem Paraná


Envie suas fotos ou notícias para o Portal! (47) 99636-3646