Dirigir de chinelo dá multa? Saiba quais calçados são permitidos

REVISTA | Variedades
30 de Janeiro, 2017 559

Publicado em: 30/01/2017 às 10:08

A dúvida sobre poder ou não dirigir descalço ainda permeia a cabeça de muitos motoristas até hoje. Em meio ao rigor das leis de trânsito, o condutor teme trocar seu conforto nos pés pela dor de ser multado. Sendo assim, é hora de esclarecer toda a situação aos que anseiam.

Embora não seja muito recomendável para motoristas de carro devido à possibilidade dos pedais superaquecerem e, principalmente, aos pilotos de motocicletas, considerando que seus pés podem acabar tocando no motor aquecido e trazer um combo de desconcentração, desequilíbrio e graves acidentes ao próprio, dirigir descalço sempre foi permitido. Não existe proibição alguma no Código Brasileiro de Trânsito (CBT) quanto a isto.

A única menção evidente sobre como usar os pés para dirigir está no Artigo 252, que proíbe o uso de calçados que não ofereçam firmeza suficiente aos pés no trânsito, já que podem muito bem acabar enroscando nos pedais do carro, confundindo a mente do motorista e colocando em risco a sua segurança e a dos passageiros. A violação deste artigo rende multa de nível médio, custando R$ 130,16 e mais quatro pontos na CNH do motorista.

Dentro das leis de trânsito, é permitido ao volante:

- Tênis;
- Sapatilhas;
- Mocassins;
- Sandálias no estilo "papete";
-Sapatos de salto baixo;

É proibido ao volante:

- Chinelo de dedo;
- Sandálias;
- Alpargatas;
- Rasteirinhas;
- Tamancos;
- Sapatos de solado extremamente liso;
- Sapatos de salto alto.

Fonte: TNH1

Envie suas fotos ou notícias para o Portal! (47) 99636-3646