Moradora encontra recém-nascido dentro de caixa de papelão em frente de casa.

Um bebê recém-nascido foi abandonado em frente a uma casa na manhã desta quinta-feira (18) no bairro São Gabriel, em Colombo, na região metropolitana, de Curitiba

Sul do Paraná
18 de Maio, 2017 550

Publicado em: 18/05/2017 às 15:56

Um bebê recém-nascido foi abandonado em frente a uma casa na manhã desta quinta-feira (18) no bairro São Gabriel, em Colombo, na região metropolitana, de Curitiba. 

A criança estava dentro de uma caixa de papelão, ainda ligada ao cordão umbilical, enrolada a uma toalha. Ela foi encaminhada por socorristas do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) ao Hospital Maracanã, no bairro Alto Maracanã. O bebê é do sexo feminino e passa bem.

A criança foi encontrada em frente a uma casa, na rua Jurema. A moradora, funcionária de uma escola infantil, encontrou a criança dentro de uma caixa grande papelão e levou para dentro de casa. 

Ela acionou o Corpo de Bombeiros, que chegou em poucos minutos. “Ela achou a criança em frente a casa dela, abrigou e acionou a gente para prestar o primeiro atendimento.

 A criança estava enrolada em uma toalha de rosto e em uma caixa de papelão, grande. Ela achou, inclusive, que fosse um animal”, contou o soldado Ivankio do Siate à Banda B.

Logo após, a Polícia Militar (PM) foi acionada. “Tenho quatro anos de corporação e nunca passei por isso. Meu colega, o soldado Machado, já desafogou uma criança, há menos de um ano. 

Mas, olha, é muito gratificante encontrar um bebê bem, viva, uma vida foi salva. Estava chovendo, frio, diversas coisas poderiam ter acontecido, como por exemplo, o caminhão de lixo passar e levar a caixa”, descreveu o soldado Aguiar, da PM, que foi acionado pelos socorristas.

Pela temperatura corporal, o socorrista Ivankio acredita que o parto tenha acontecido há pouco tempo do abandono. “No máximo, uma hora antes aconteceu o parto. É uma menina saudável, espertinha, estava de olhos abertos, corada, maravilhosa, linda a bebê. Não fazia muito tempo porque a manhã estava gelada e a criança apresentava uma temperatura boa”, finalizou.

A criança passa bem e o hospital afirmou à Banda B, por meio de assessoria, que ela permanecerá internada pelos próximos quatro dias. O Boletim de Ocorrências (BO) foi registrado e a Polícia Civil passa a investigar o caso.

Fonte: Papanduva Noticias.

Envie suas fotos ou notícias para o Portal! (47) 99636-3646