WestRock realiza audiência pública sobre possível expansão

Planalto Norte
29 de Setembro, 2017 578

Publicado em: 29/09/2017 às 13:53

WestRock, uma das maiores fornecedoras globais de soluções em papel e embalagens de papelão ondulado, promoveu audiência pública sobre o projeto de expansão da Fábrica de Papel de Três Barras (SC), nesta quinta-feira (28/09). Cerca de 350 pessoas participaram do encontro, que é caracterizado como o momento em que a população pode esclarecer suas dúvidas e apresentar sugestões em relação ao projeto.

 

A realização da audiência pública é uma exigência para a obtenção da Licença Ambiental Prévia (LAP), a ser concedida pela FATMA (Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina). Na oportunidade, a empresa apresentou o RIMA (Relatório de Impacto Ambiental), onde estão os principais pontos relativos aos impactos socioambientais gerados pelo empreendimento. O RIMA pode ser considerado um resumo do Estudo de Impacto Ambiental (EIA), disponível para consulta pela população na Câmara de Vereadores e na Prefeitura de Três Barras, na coordenadoria regional da FATMA em Canoinhas e na ADCR (Associação Desportiva Classista Rigesa).

 

O diretor de Projetos de Expansão da WestRock em Três Barras, Ali Abdul Ayoub, salientou que, caso a ampliação seja de fato aprovada, a capacidade de produção da unidade pode aumentar em até 42%. Entretanto, essa é uma estimativa máxima e esse valor pode variar. “A partir das mudanças e instalações previstas, a fábrica obterá aumento na eficiência do aproveitamento da madeira e na produção de papel, entre outros benefícios”, ressaltou.

 

O procurador jurídico da FATMA, João Pimenta, destacou a qualidade do evento. “Avaliamos o sucesso de uma audiência pública pelo interesse das pessoas e pelo nível das perguntas, que foram qualificadas e com abordagem técnica”, disse.

 

Caso aprovada, a obra deve ser concluída em 22 meses. O número de trabalhadores necessários oscilaria a cada etapa, com até 2700 temporários no período de pico. O parecer da FATMA é válido por até cinco anos. É importante salientar que a LAP não autoriza a construção da obra, apenas atesta a sua viabilidade em determinado local.

 

A WestRock reforça que a execução do referido estudo e o relatório (EIA - RIMA) e a audiência pública a eles relacionada, bem como a aprovação pelo órgão ambiental, não significam, em absoluto, que o Projeto de Expansão esteja aprovado – a depender de avaliações estratégicas pela empresa.

 

Sobre a WestRock

Em 2015, com a fusão com a também norte-americana Rock Tenn, surge a atual WestRock, parceira de seus clientes para fornecer soluções únicas em papel e embalagens que impulsionem seus negócios. São 45.000 funcionários que apoiam os clientes ao redor do mundo em mais de 300 operações e escritórios na América do Norte, América do Sul, Europa e Ásia. Saiba mais em www.westrock.com.br


Envie suas fotos ou notícias para o Portal! (47) 99636-3646