Filho ataca idosa, arranca olho e couro cabeludo da vítima

Homem tem problemas mentais, porém inicialmente mentiu aos policiais dizendo que o autor da agressão era um assaltante

Sul do Paraná
16 de Julho, 2018 1.253

Publicado em: 16/07/2018 às 09:55

A Polícia Militar de União da Vitória (27º BPM) estava em patrulhamento pelo Conjunto Bento Munhoz, no Distrito de São Cristóvão, quando foi abordado por um morador, o qual informou que um homem o abordou pedindo ajuda, pois havia sido assaltado.

Rapidamente a PM foi até o local do suposto assalto, e encontrou um homem com as roupas e o corpo todo ensanguentado, sendo constatado cortes profundos em ambas as mãos.

O homem disse à PM que sua mãe também havia sido agredida e estava no interior da residência. Era tudo mentira.

Quase matou a mãe

A PM entrou na casa e encontrou muito sangue, foi até o cômodo onde a mãe do homem estava, encontrou a senhora de idade sentada, em estado de choque, com diversos hematomas e cortes profundos na região facial, inteiramente coberta de sangue.

A PM imediatamente acionou o Corpo de Bombeiros, e enquanto aguardava a chegada dos mesmos, foram prestados os primeiros socorros para ambos.

Diante da gravidade da idosa, foram feitos alguns questionamentos para saber do grau de consciência da mesma, a qual reagiu aos estímulos. Foi perguntado o nome da mesma, a qual respondeu com muita dificuldade.
Posteriormente foi perguntado à idosa quem foi o autor de todas aquelas lesões, sendo que ela afirmou que foi seu próprio filho.

Quando a equipe foi até a parte de fora da casa, já haviam vários vizinhos no local, os quais informaram que o filho da senhora sofria de alguns distúrbios psiquiátricos, e que o mesmo já havia agredido a vítima por outras vezes.

Com a chegada do corpo de bombeiros, a PM prestou apoio na condução de ambos até o uma casa hospitalar, sendo que a idosa foi atendida em estado de urgência, pois apresentava múltiplos ferimentos cortantes por arma branca, tendo perdido até o globo ocular direito e couro cabeludo.

A vítima segue na UTI, porém sem risco de vida. O filho agressor também foi atendido, apresentando cortes profundos de arma branca em ambas as mãos.

Ele informou que a faca usada no crime estava em cima do guarda-roupas. A faca estava torta e totalmente manchada de sangue.
Diante dos fatos, após o atendimento médico foi dada voz de prisão, sendo conduzido até a 4 s.d.p, juntamente com a faca apreendida.

Envie suas fotos ou notícias para o Portal! (47) 99636-3646