Aguarde!

Pesquisar no Portal de Canoinhas

Felino em extinção é visto em Canoinhas

Um dos maiores felinos da América do Sul, a onça parda, foi visto na última semana em Canoinhas. A onça apareceu na Serraria de Raimundo Dambroski, localizada às margens da BR 280, nas proximidades do trevo de acesso à Canoinhas. O cães de guarda da serraria começaram a latir muito ao perceberem a presença da onça. O animal se afugentou no topo de uma árvore e lá permaneceu por cerca de um dia e meio. Policiais Ambientais e Bombeiros fora foram chamados para avaliar a situação. O cães foram retirados e depois de quase 36 horas a onça desceu da árvore em direção a mata.

 

SAIBA MAIS

 

A majestosa onça-parda, ou suçuarana (Nome científico: Puma concolor) é o segundo maior felídeo neotropical, menor apenas que a onça-pintada.

 

Chega a atingir mais de 1 metro de comprimento (fora a cauda), e de 61 a 63 centímetros de altura. Seu peso pode atingir mais de 80 kg. O pelo é em geral bege-rosado, mas também pode ser cinza ou marrom. Pode viver até 20 anos em cativeiro.

 

Seu corpo, pescoço e cauda são longos e a cabeça e orelhas são pequenas. Os membros inferiores e posteriores são muito fortes, e as patas almofadadas, o que a torna extermamente ágil, além de silenciosa.

 

A onça-parda pode saltar para o chão de até 15 metros de altura, ou até 6 metros de extensão. Essas características, aliadas a poderosas garras, fazem da onça-parda uma exímia caçadora.

 

Pode ser encontrada em todo o continente americano, nas montanhas, florestas tropicais e cerrados.

 

A onça-parda caça a qualquer hora do dia, quando a fome aperta, mas parece que prefere o crepúsculo. É exclusivamente carnívora, e sua dieta inclui vários pequenos animais, como as lebres, mas também outros maiores, como os veados.

 

O cio da onças-pardas dura de 3 a 4 dias, com intervalos de 23 dias, e a gestação vai de 90 a 96 dias, nascendo de 1 a 6 filhotes, que pesam de 200 a 400 gramas cada. Na América do Sul os nascimentos acontecem entre fevereiro e junho.

 

As fêmeas atingem maturidade sexual depois de 30 meses e os machos aos 36 meses.

 

Como a maioria dos felídeos, a onça-parda infelizmente também está sob séria ameaça de extinção, tanto pela redução de seu habitat quanto pela caça.

 

20/09/11

Fonte: Portal de Canoinhas



Comentar no Tribuna Livre

 

Notícias relacionadas (categoria “Geral”)