Pesquisadores da UnC investigam origem de Paleotocas

Brasil
06 de Maio, 2021 318

Publicado em: 06/05/2021 às 14:20

Atualizado em: 06/05/2021 às 14:21

A equipe do Centro Paleontológico da Universidade do Contestado, composta pelo geólogo Dr. Luiz Carlos Weinschutz e pelo paleontólogo Me. João H. Zahdi Ricetti, estiveram na região do Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul, dando continuidade aos trabalhos de levantamento de Paleotocas (estruturas fósseis bioerosivas).

Eles visitaram cinco estruturas que foram analisadas quanto sua forma, tamanho, direcionamento, presença de marcas de escavação.  A região Caminhos dos Cânions do Sul abrange as cidades de Cambará do Sul/RS, Morro Grande/SC e Timbé do Sul/SC.

 Segundo o professor Dr. Luiz Carlos Weinschutz esses dados se juntaram às análises já realizadas em mais de 30 paleotocas do Geoparque, e poderão fornecer informações sobre padrões de escavações e, desta forma, melhor relacioná-las com o possível animal escavador. Na próxima etapa, serão analisadas as marcas de escavação e através de estudos biomecânicos (feitos em parcerias com outras instituições, será possível inferir com maior precisão quais foram os animais escavadores.

 

A participação da Universidade faz parte do termo de Cooperação Científica assinado entre a UnC e o Consórcio Geoparque. Os pesquisadores destacam o potencial paleontológico da região do Geoparque em que as paleotocas são bem expressivas, mas vários outros fósseis podem aparecer nessa região, atraindo o interesse de muitos pesquisadores do Brasil e até do exterior. Na ocasião os pesquisadores do Cenpaleo tiveram a participação do graduando de Geografia  Arthur Philipe Bechtel e dos  professores Dr. Jairo Valdati e Dra. Maria Carolina Villaça Gomes, ambos da UDESC.  ''Esses estudos em breve serão apresentados como artigos científicos em eventos, divulgando a região do geoparque'', afirma Weinschutz.

 





Camila Candeia Paz
Assessora de Comunicação

Envie suas fotos ou notícias para o Portal! (47) 99636-3646